Facebook Twitter Google+ RSS Blog Gastrovia
BUSCA
Onde?
GUIA
Localidade
 
NOTÍCIAS - ACONTECE
Cultura por toda parte em Pelotas: III Festival Internacional Sesc de Música segue até 26 de janeiro
15/01/2013


Ao som das “Quatro Estações Portenhas”, de Astor Piazzolla, o III Festival Internacional Sesc de Música teve oficialmente suas atividades iniciadas nesta segunda-feira (14/01). Desde domingo, a cidade de Pelotas, no sul do RS, vive uma grande movimentação com a chegada de músicos e estudantes de 12 países e de todas as partes do Brasil.

“O festival nos remete diretamente à missão do Sesc, pois a cultura faz parte da qualidade de vida das pessoas. Até 26 de janeiro, teremos vários espaços da cidade ocupados pela arte e esta é a verdadeira tradução do que significa oferecer cultura por toda parte”, disse o diretor regional do Sesc/RS, Everton Dalla Vecchia, durante a solenidade de abertura do evento, no Theatro Guarany.

Representando o presidente do Sistema Fecomércio-RS, Zildo De Marchi, o vice-presidente da entidade Renzo Antonioli aprovou a terceira edição do festival: “É uma satisfação ver a grandeza deste evento. Há três anos começamos a trabalhar nesta iniciativa e agora vemos este teatro lotado de pessoas, que entendem e valorizam a cultura como item fundamental para a vida dos gaúchos”.

Concordando com Antonioli, o secretário estadual da Cultura do RS, Luiz Antonio de Assis Brasil, afirmou: “A cultura tem três dimensões muito importantes, que são a inclusão, a economia e os bens simbólicos, que é a arte propriamente dita. E, neste festival, vemos a geração de empregos, de expectativas e da arte, da música. Isto nos orgulha e reforça o que já temos visto em todo o Brasil, que é o Sesc trabalhando pelo desenvolvimento da vida cultural deste país”.

“Temos muito desafios, mas momentos como este são combustíveis, geram força e energia para fomentarmos ainda mais a atividade cultural de nossa Pelotas. É o que queremos para esta cidade e o sonho que alimentamos todos os dias é o de consolidar a qualidade de vida, organizando o município para voltarmos a ser um forte polo cultural e termos uma vida ainda melhor”, disse o prefeito de Pelotas, Eduardo Leite.

Concerto de abertura - Um grande público, entre autoridades locais e estaduais e a comunidade lotaram o Theatro Guarany e prestigiaram, na noite desta segunda-feira, o concerto de abertura do festival, que teve a participação da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre e do violinista Emanuele Baldini, concertino da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Regidos pelo diretor artístico do festival, maestro Evandro Matté, os músicos interpretaram as “Quatro Estações Portenhas”, de Astor Piazzolla, e na sequência, a Sinfonia nº 7 de Beethoven.

Próximas atrações do festival – Nesta terça-feira (15/01), sobem ao palco do Theatro Guarany os argentinos do Grupo Escalandrum, fundado em 1999 por Daniel, neto de Astor Piazzolla. A apresentação inicia às 21h, mas durante todo o dia acontece uma série de atividades formativas e espetáculos gratuitos, como por exemplo, a primeira apresentação do “Festival na Comunidade”, que acontece a partir das 11h, na Igreja Nossa Senhora da Luz e segue em vários pontos da cidade até 25 de janeiro (veja detalhes da programação no site.

Realizado pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc, o III Festival Internacional Sesc de Música apresenta uma ampla e selecionada programação cultural com mais de 40 espetáculos gratuitos divididos em recitais, música de câmara, concertos e apresentações de música instrumental, oficinas de musicalização para crianças e adolescentes, além de 28 oficinas de instrumentos e canto. Mais de 400 profissionais entre músicos, professores e alunos de países como Espanha, Japão, China, República Tcheca, Alemanha, Itália, Bielorússia e França estarão em Pelotas.

Entre os destaques desta edição estão: Pierre Dutot, vencedor do primeiro prêmio em trompete do Conservatoire National Superieur de Paris; e Eduardo Fernandez, uruguaio guitarrista que ganhou o primeiro prêmio no "Andrés Segovia" (Mallorca, 1975) e teve em sua estreia em Nova York, em 1977, grande repercussão (o "New York Times" escreveu: "Raramente assistimos a uma estreia mais notável em qualquer instrumento"). O Quinteto Villa-Lobos, clássico grupo de músicos de câmara brasileiro, também é destaque.

A direção artística do III Festival Internacional Sesc de Música é de Evandro Matté. Coordenador Cultural da Unisinos e Regente da Orquestra Unisinos, é também professor de graduação em Gestão Cultural, Coordenador do Curso de Especialização em Gestão e Produção Cultural da Unisinos e músico da OSPA (Orquestra Sinfônica de Porto Alegre) desde 1990. Graduado em música pela UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul), estudou trompete na Escola de Música da OSPA e é especialista pelo Conservatoire de Bordeaux (França). Realizou curso de aperfeiçoamento na University da Georgia (USA).

O festival conta com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Pelotas, assim como o apoio cultural da Faculdade Senac, da Universidade Federal de Pelotas, da Universidade Católica de Pelotas, da Bibliotheca Pública Pelotense, da Ospa, Caixa Econômica Federal e do Expresso Embaixador. Outras informações pelo site www.sesc-rs.com.br/festival.

Ingressos
Comunidade deve retirar antecipadamente os ingressos gratuitos para os espetáculos das 21h, no Theatro Guarany, no Sesc Pelotas (Rua Gonçalves Chaves, 914). Os ingressos são limitados. Para as demais apresentações não há necessidade de retirada de ingressos.

Informações no Sesc pelo telefone: (53) 3225-6093.
Outras informações pelo site: www.sesc-rs.com.br/festival.

         

Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia!
Faça seu comentário:
Nome:
E-mail:
Código de segurança
Digite aqui o código de segurança mostrado na imagem abaixo.
CAPTCHA Image
Notícias relacionadas
 
 
 
Sobre o Gastrovia
Anuncie
  Sugestões
Parcerias
  Cadastre seu estabelecimento
Trabalhe conosco
  Não encontrou?
Contato
Home
Notícias
  Ebooks
Cozinha de A à Z
  Vídeos
Dicas
  Receitas
Cadastre-se
 
© 2019 Gastrovia Turismo e Gastronomia